Search
Saturday 22 July 2017
  • :
  • :

Eu Era Infeliz… Não Sou Mais!

Eu Era Infeliz… Não Sou Mais!
“Levanta-te, resplandece, porque é chegada a tua luz, e é nascida sobre ti a glória do Senhor” (Isaías 60:1).


Em um episódio de “A Turma do Snoopy”, Snoopy sentou-se, desalentado, olhando fixamente para a entrada de sua casinha de cachorros. Ele suspirou: “Ontem eu era um cachorro. Hoje eu sou um cachorro. Amanhã eu, provavelmente, ainda serei um cachorro. Existe pouca esperança de uma mudança.”


Aproveitando os fatos daquele episódio, podemos pensar em nossa vida e no que ela já ofereceu, o que nos oferece e o que poderá nos oferecer.


Podemos testificar: “Ontem eu estava feliz. Hoje eu continuo
feliz. Amanhã, tenho certeza, continuarei desfrutando minha
felicidade. Afinal, Cristo habita, há muito tempo, em meu
coração”.


Podemos ainda conjeturar: “Ontem eu vivia triste. Hoje eu
continuo mergulhado em tristezas. Amanhã eu poderei ser a
mais alegre das criaturas. Basta abrir meu coração para o
Senhor e Salvador Jesus Cristo”.

Quando eu creio, tudo se transforma. Quando creio, tudo me é possível. Quando creio, o que foi não é mais e eupasso a experimentar momentos de grande regozijo e a alcançar minhas tão sonhadas vitórias.


Snoopy não tinha esperanças de mudanças ou avanços, porque era uma figura criada por um desenhista e jamais deixaria de ser o cachorrinho simpático daquela série. Mas nós, somos criaturas de Deus! Somos filhos amados de Deus! Podemos, sim, ter esperanças! Podemos sonhar e esperar; podemos caminhar com confiança e fé; podemos louvar e agradecer antecipadamente por tudo que Deus pode, quer e fará em nossas vidas. Não precisamos sentar abatidos, não precisamos nos conformar com as derrotas, não precisamos esperar pelo pior. O Senhor é poderoso! Ele nos fortalece, nos ensina o caminho das grandes conquistas, abre para nós todas as portas da felicidade.


Você é feliz com Deus? Continue. Você é infeliz
sem Deus?
Quer mudar?

Fonte: Grupo Virtual Adventista – Yahoo Groups – Paulo Barbosa




    Deixe uma resposta